9 de maio de 2021 às 07:08
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

BOLSONARO: após novo recorde de mortes, ‘frescura’ tem que acabar


Publicado em: 04/03/2021 17:29
Por: redação Bahia Municípios com Agência Senado Foto: Agência Senado


O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (4), um dia após o recorde de mortes registradas por covid-19 no Brasil, que é preciso parar de “frescura” e “mimimi” com a pandemia , e questionou até quando as pessoas irão ficar “chorando”. Na quarta-feira (3) o Brasil bateu, pelo segundo dia consecutivo, recorde de mortes em 24h: foram 1.840 óbitos, segundo consórcio de imprensa.

“Chega de frescura, de mimimi. Vão ficar chorando até quando? Temos que enfrentar os problemas. Respeitar, obviamente, os mais idosos, aqueles que têm doenças, comorbidades. Mas onde vai parar o Brasil se só pararmos?”, disse o presidente durante inauguração de um trecho da ferrovia Norte-Sul, em São Simão (GO).

“Até quando vão ficar dentro de casa, até quando vai se fechar tudo? Ninguém aguenta mais isso. Lamentamos as mortes, repito, mas tem que ter uma solução. Tudo tem que ter um responsável”, finalizou Bolsonaro, que já se posicionou abertamente contra as medidas de isolamento social nesta segunda onda da doença causada pelo coronavírus.

Comentários