sábado, 25 maio, 2024

EXPEDIENTE | CONTATO

ACM Neto defende que Rodrigo Maia rode o Brasil

O presidente nacional do DEM diz que “a prioridade fundamental é que Maia possa estar nas ruas do Brasil, conversando com as pessoas, se expondo e ouvindo sugestões da população”

Presidente nacional do Democratas, o prefeito de Salvador, ACM Neto, defendeu que o candidato a presidente da República do seu partido, o dirigente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, intensifique as viagens pelo Brasil para torna-se mais popular. “A prioridade fundamental é que ele possa estar nas ruas do Brasil, conversando com as pessoas, se expondo e ouvir e recolher essas sugestões da população. Rodrigo ainda tem um nível de desconhecimento muito grande e o que pode permitir que ele amplie o seu nível de conhecimento é ter coragem para se expor”, disse, em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo.

O democrata soteropolitano disse, ainda, que Maia está preparado “para tocar no coração das pessoas”. “Diria que a estratégia [do DEM] é ele estar pronto para se expor, para ir para as ruas, mas também estar pronto para dizer o que pretende fazer pelo País, de maneira sincera, que é o estilo dele. Não precisa estar dando risada, não precisa estar sendo o que ele não é. Ele tem que ser o que ele é”, ressaltou. Com 1% nas pesquisas de intenção de voto, segundo o Datafolha, o primeiro destino de Maia é à Paraíba. Hoje, o presidente da Câmara dos Deputados deve desembarcar em Catolé do Rocha – cidade na qual nasceu o avô paterno dele, Felinto Maia.

Em Catolé, Maia deve ser recebido pelo prefeito da cidade, Laurinho Maia (DEM), que é primo do pré-candidato a presidente. A previsão é de que o presidenciável se reúna com lideranças locais e almoce com familiares. Na volta, deve fazer uma parada em São Bento, cidade conhecida como a “Terra das Redes”, onde deve conversar com produtores locais. De acordo com o Estadão de S. Paulo, da Paraíba, Maia deve seguir para o Rio de Janeiro, onde cumprirá agenda no sábado em Cabo Frio, no interior do Estado.

Na próxima segunda, o presidenciável viajará para Belo Horizonte, onde participará da cerimônia de filiação ao DEM e de lançamento da pré-candidatura ao governo de Minas do deputado federal Rodrigo Pacheco. O prefeito ACM Neto também deve estar no ato. Pacheco tentou viabilizar sua candidatura ao governo de Minas pelo MDB, mas o partido deve apoiar a reeleição do governador petista Fernando Pimentel. O parlamentar foi um dos mais de seis deputados do MDB que se desfiliaram da sigla.

Democrata pode fazer dobradinha com Bolsonaro

Em uma sala reservada, o presidente nacional do DEM, ACM Neto, se reuniu, anteontem, com o pré-candidato a presidente da República, o deputado federal Jair Bolsonaro, que se filiou ao PSL na semana passada. Depois do encontro na liderança do DEM na Câmara, especulou-se na imprensa nacional a possibilidade de o parlamentar fazer dobrinha com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Bolsonaro foi levado para reunião com ACM Neto pelo deputado gaúcho Onyx Lorenzoni, que já teceu elogios públicos ao presidenciável.

“Trabalho com absoluta convicção e com seriedade para ajudar a construir outra proposta. A candidatura do Bolsonaro, que é um democrata, vem da vontade da rua, do apoio popular”, disse Lorenzoni em entrevista à Rádio Guaíba. Levantamento divulgado pelo Datafolha, no final de janeiro, mostra que Bolsonaro oscila entre 15% e 20% e lidera todas as simulações sem a presença do ex-presidente Luiz Inácio da Lula Silva (PT). O petista pode ficar de fora da eleição deste ano após ser condenado pela Justiça em segunda instância.

Arquivos