quarta-feira, 24 julho, 2024

EXPEDIENTE | CONTATO

ACM Neto: “abriremos processo administrativo para apurar responsabilidades”

O prefeito ACM Neto determinou à Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) que abra processo administrativo para apurar a responsabilidade de representantes do Subsistema de Transporte Especial Complementar (STEC) na manifestação que paralisou a região do Iguatemi nesta segunda-feira (26). A depender do processo, a prefeitura pode, inclusive, efetuar a cassação de permissões e intervir no STEC.

Em entrevista concedida após a inauguração do asfalto na rua Petronília Dércia, no bairro de Valéria, o prefeito afirmou que segue disposto a dialogar, mas não com esse tipo de protesto. “Já autorizamos a integração (do STEC com o ônibus comum e o metrô) há muito tempo. Mas eles não chegaram a um entendimento operacional e tarifário. Sempre tivemos abertos ao diálogo, mas não dialogo com esse tpo de protesto. Não aceito isso. Não tem como dialogar com esse tipo de coisa”, afirmou.

Ele disse esperar que a polícia atue com mais rigor em casos desse tipo, quando um pequeno grupo de pessoas paralisa toda a cidade. “Não é possível que a população pague o preço porque o transporte complementar resolveu parar Salvador. Não é possível que a polícia deixe de agir, que fique assistindo de braços cruzados. É preciso assegurar o direito de ir e vir, a mobilidade na cidade”, acrescentou o prefeito.

Arquivos