quinta-feira, 22 fevereiro, 2024

EXPEDIENTE | CONTATO

Basílica Conceição da Praia ganha site; fiéis podem acender vela virtual

Site foi lançado neste domingo

Maria dos Santos, 66 anos, é uma beata fervorosa, daquelas que andam pelos corredores da igreja, durante a missa, para saber se tudo está no seu devido lugar. Quando quer fazer algum pedido, acende uma vela no santuário ou aos pés dos santos – acredita que assim consegue ser atendida. Dedicada à Basílica Santuário de Nossa Senhora da Conceição da Praia, no Comércio, há mais de 30 anos, Maria sabe que agora a basílica conta com um site, embora revele que não tem muita paciência para a tecnologia.

“Eu prefiro tudo na presença, essas coisas de internet, virtual… Nunca sei quem tá do outro lado da ‘linha’. Eu sou sincera: prefiro estar presente, vendo, chorando, frente a frente, pedindo”, comenta Maria.

Aproximação

Padre Adilton disse que espera que o site sirva com um meio evangelizador, aproximando aqueles fiéis que são devotos da basílica mas que, por alguma circunstância, estão longe dela. E até ser utilizado como uma espaço para os pedidos e agradecimentos.

“O site terá espaço para as pessoas colocarem os seus nomes, agradecerem a Deus pelas graças alcançadas, pedirem orações para as pessoas doentes, com dificuldades. Saberemos, então, assim, o que essas pessoas estão precisando e vamos orar por elas”, explica o padre.

A vela virual, explica ainda o padre, serve como uma forma dos fiéis agradecerem, mesmo estando do outro lado da tela, mesmo estando longe da basílica. “A graça é a mesma. Essa vela, mesmo sendo virtual, simboliza o nosso amor, carinho e respeito a Deus”, conclui.

“Trabalho aqui, na basílica, há 12 anos, e percebo que não há mais jovens. Acredito o site possa dar um ‘up’, mas é precisa ter coisas novas, que realmente chame a atenção desse público”, acredita. Jovens
A auxilar administrativa da Irmandade da Conceição da Praia, Ramona de Oliveira, 33, percebe que, aos poucos, os jovens estão se distanciando da igreja. Algo natural, já que a fé vem se perdendo com as novas gerações. O site, acredita, foi lançado em uma boa hora, justamente para tentar aproximar e cativar os fiéis mais jovens.

Arquivos