segunda-feira, 15 abril, 2024

EXPEDIENTE | CONTATO

BYD disponibilizará 100 carregadores de carros para pontos em cidades

Jerônimo também antecipou a possibilidade da criação do curso de línguas

A montadora chinesa BYD disponibilizará 100 carregadores de carros elétricos para a instalação em pontos específicos de algumas cidades da Bahia. A informação foi divulgada na manhã desta quarta-feira, 20, pelo governador Jerônimo Rodrigues (PT), em evento de assinatura de convênio com a Ubere entrega de equipamentos tecnológicos.

“Ela [Stella Li, CEO da BYD] me garantiu 100 carregadores de carros elétricos para poder dizer onde queremos instalar para já poder estimular”, anunciou, durante coletiva de imprensa, acrescentando que em breve os postos Shell também devem ganhar pontos com equipamentos de carregadores.“Teremos muito em breve.”

“Estamos dialogando com a BYD sobre a expansão para Vitória da Conquista, Feira de Santana, Oeste, Extremo Sul, [..] assim como carregadores ao longo das nossas estradas e BRs”, detalhou.

A definição dos locais de instalação dos aparelhos, será realizada a partir de estudos de utilização com a prévia definição do governo, conforme explicou a BYD ao Portal A TARDE.

Novo projeto

Além da entrega dos carregadores, o governador também antecipou a possibilidade da criação do curso de línguas para facilitar a relação entre os trabalhadores brasileiros e chineses.

“Combinei com Stella de criar, dentro das escolas, vamos chamar o Sistema S para criar cursos, tanto de português, para os chineses que virão, como de mandarim, para que os nossos profissionais tenha noções básicas para estar dialogando com um chines, ou de alguém que venha da empresa, para poder facilitar a sua empregabilidade. Vamos capacitar muita gente para poder ir em busca desse emprego”, declarou.

Carros de App e táxis

O Governo da Bahia ainda anunciou nesta quarta, que estuda destinar parte da frota de veículos elétricos que serão produzidos pela montadora chinesa para profissionais do trânsito como motoristas por aplicativos e taxistas.

“Aqui na Bahia, já convencei com o meu secretário de Fazenda, com a Desenbahia, para que a gente possa estimular que os carros elétricos, que sejam produzidos na Bahia, uma frota seja destinada a vender para os operadores de táxi, para os operadores de Ubers, com um valor acessível. Com certeza, a manutenção e o combustível vale a pena, além do conforto dos automóveis. Eu estou dizendo agora da BYD, mas outras empresas que virão também se instalar ou vender na Bahia”, disse o governador sem entrar em detalhes sobre o projeto.

Rede de revendas da marca BYD/PARVI em Salvador – 

Arquivos