domingo, 23 junho, 2024

EXPEDIENTE | CONTATO

Feira de Santana confirma primeiro caso da Febre Oropouche

De acordo com o Ministério da Saúde, não há tratamento para a doença

Foi confirmado pela Secretaria Municipal de Saúde de Feira de Santana o primeiro caso de Febre Oropouche no município. O paciente é um homem de 43 anos, residente na zona urbana, que recentemente viajou para a cidade de Amélia Rodrigues.

O homem apresentou sintomas típicos da doença, incluindo febre, dor de cabeça, dores no corpo, nas costas e nos olhos. Ele foi atendido no Ambulatório de Infectologia, onde realizou a coleta de sangue para exames e recebeu orientações médicas. A amostra foi enviada ao Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen), que confirmou o diagnóstico positivo para Febre Oropouche. Felizmente, o paciente evoluiu sem complicações graves durante o período de infecção.

A Febre Oropouche é transmitida principalmente por mosquitos, ressaltando a importância de ações preventivas para evitar a proliferação desses vetores. A SMS recomenda que a população adote hábitos que não contribuam para a criação de criadouros de mosquitos, como evitar água parada e acumulação de folhas.

A Secretaria Municipal de Saúde orienta que os moradores que apresentarem sintomas como febre, dor de cabeça, dor muscular, dor nas articulações, náusea e diarreia procurem imediatamente as unidades de saúde para receber atendimento adequado. A identificação precoce e o tratamento são fundamentais para aliviar os sintomas e controlar a disseminação da doença.

A transmissão da doença acontece por meio da picada de mosquitos do gênero Culicoides paraenses – 

Arquivos