quinta-feira, 22 fevereiro, 2024

EXPEDIENTE | CONTATO

Governo da Bahia reforça assistência à saúde no Carnaval

O folião que estiver nos circuitos do Carnaval da Bahia – na capital, em Porto Seguro e em Ilhéus – contará com a assistência a saúde fortalecida. O Governo da Bahia, por meio da Secretaria da Saúde do Estado, irá reforçar as equipes médicas, de enfermagem e administrativa e elevar o estoque de medicamentos e insumos nas unidades de saúde. Além disso, a população contará com o Serviço de Atendimento às Mulheres Expostas à Violência Sexual (AME), no Hospital da Mulher, e terá o Centro de Atendimento a Múltiplas Vítimas do Hospital Geral do Estado (HGE) de prontidão para qualquer acidente grave.
“Temos consciência do tamanho do Carnaval, da quantidade de baianos e turistas que irão curtir a festa e da nossa responsabilidade com a saúde de todos. O Governo do Estado e a Sesab não estão medindo esforços para que o folião possa aproveitar a maior festa do mundo com tranquilidade, sabendo que, se precisar, terá assistência à saúde qualificada à sua disposição”, garante a secretária da Saúde, Roberta Santana.
Em Salvador, o reforço acontecerá em quatro dos principais hospitais da capital, o HGE, o Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), Hospital Geral Ernesto Simões Filho (HGESF) e o Hospital do Subúrbio (HS), além de descentralização do atendimento, com fortalecimento da assistência nas unidades de emergência de Pirajá, de Cajazeiras e do Curuzu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de São Caetano.
No interior, a população terá o reforço na assistência no Hospital Regional Deputado Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, e no Hospital Regional Costa do Cacau e no Hospital Materno-Infantil Joaquim Sampaio, ambos em Ilhéus.  Em todas as unidades assistenciais citadas, haverá fiscalização da Corregedoria da Saúde para verificar o cumprimento das escalas e jornadas de trabalho e aplicar possíveis ações correcionais.
Assistência a vítimas de abuso
No Hospital da Mulher, o Serviço de Atendimento às Mulheres Expostas à Violência Sexual (AME) funcionará 24h no Carnaval para mulheres, adolescentes e trans a partir de 12 anos que sejam expostas a situações de abusos e violência sexual.  A unidade contará com uma equipe multiprofissional composta por médicos ginecologistas, enfermeiros, assistentes sociais, psicólogos e farmacêuticos.
Emergência de múltiplas vítimas
Durante a folia, o HGE contará com o plantão do Centro de Atendimento a Múltiplas Vítimas. A equipe de plantão será acionada em caso de desastres ou emergência com múltiplas vítimas, com capacidade de receber e tratar mais de 35 vítimas simultaneamente. No próximo dia 31, haverá uma simulação de atendimento, com participação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Corpo de Bombeiros.
Crédito Foto: Leonardo Rattes Saúde

Arquivos