23 de outubro de 2021 às 12:18
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Onze famílias de Pituaçu receberão benefícios sociais


Publicado em: 15/03/2018 12:03
Por: REDAÇÃO


Os cadastrados vão receber mensalmente, R$300, até que cessem os motivos da desocupação da casa onde eles moram ou até que a família seja contemplada por algum programa habitacional.

Subiu para 11 o número de famílias cadastradas pela Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps) para receber benefícios assistenciais, um dia após o desabamento de um imóvel residencial em Pituaçu. Os moradores que tiveram de deixar suas casas, seja por riscos estruturais identificados pela Defesa Civil de Salvador (Codesal) ou por porque os imóveis tiveram que ser demolidos para viabilizar a entrada de máquinas para a retirada de escombros, receberão auxílios-moradia e emergência. A Semps aguarda as famílias procurarem a Codesal para dar entrada no processo que culminará no pagamento dos recursos.

Os cadastrados com auxílio-moradia (benefício destinado, por exemplo, em situações de desabamento, risco ou demolições de imóveis) receberão, mensalmente, R$300, até que cessem os motivos da desocupação da casa onde eles moram ou até que a família seja contemplada por algum programa habitacional.

Já o auxílio-emergência visa apoiar financeiramente as famílias que sofrerem perdas decorrentes dos desastres para restabelecimento das condições mínimas de sobrevivência, através da reposição de bens básicos (móveis e eletrodomésticos, por exemplo). É concedido em parcela única, no valor de até três salários mínimos. A determinação da importância depende das perdas de itens, em decorrência das consequências das chuvas.

Os beneficiários poderão fazer o saque diretamente no banco, apresentando CPF e RG. Após inserção deles no CadÚnico, os cidadãos receberão um cartão para efetuar a transação via Caixa Econômica Federal. Nos últimos três anos, a Semps concedeu um total de 14.032 auxílios-moradia, 4.098 auxílios-emergência e 20 auxílios-funeral.

Comentários