domingo, 21 julho, 2024

EXPEDIENTE | CONTATO

Paripe passará por obra em trânsito e receberá novos espaços de lazer

Veja o que muda na reforma que vai durar 10 meses

Prefeitura inicia requalificação da Rua Almirante Tamandaré, em Paripe, que terá mais mobilidade e novos espaços de lazer

A Rua Almirante Tamandaré, principal base de tráfego de Paripe, começou a ser reformada. O espaço passará por uma requalificação urbano-ambiental que envolverá obras em praças, substituição de pavimentação e criação de espaços compartilhados, sistema de drenagem, além de ampliação de passeios e novos pontos de ônibus.

A ordem de serviço para a intervenção foi assinada pelo prefeito Bruno Reis nesta sexta-feira (22). Ao todo, o projeto beneficiará 1,5 km de extensão da via, entre a Praça João Martins e o cruzamento com a Rua Almirante Mourão de Sá.

“Essa é uma rua estruturante daqui de Paripe, sendo também a mais importante do bairro, concentrando comércios, residências e grande circulação de veículos e pedestres. Por isso, vamos realizar uma verdadeira transformação para melhorar a mobilidade. Aqui haverá piso intertravado e granito em meio-fio, assim como iluminação em LED, parque infantil e academia de ginástica para o pessoal da terceira idade. A obra terá um investimento de R$16 milhões. Um presente que a Prefeitura anuncia às vésperas de Natal para o Subúrbio de Salvador”, destacou Bruno Reis.

O projeto urbanístico foi elaborado pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), e os serviços serão executados pela Superintendência de Obras Públicas (Sucop). O prazo para término é de 10 meses.

“Quem passa pela Rua Almirante Tamandaré hoje vê o quanto ela é conflituosa. O fluxo de carros e de pessoas é muito grande. Então, o que nós estamos buscando com essa intervenção é melhorias para a mobilidade da via, seja para o veículo, seja para o transporte público ou para o pedestre”, definiu a presidente da FMLF, Tânia Scofield.

A requalificação urbana da Almirante Tamandaré ocorrerá simultaneamente em quatro trechos. No primeiro, que corresponde à área entre a Praça João Martins e a Travessa Pará, será criada uma alameda com passeios mais largos, jardins arborizados e espaço com barracas para comércio de ambulantes. Na extensão correspondente à interseção da Rua Almirante Tamandaré e a Avenida Afrânio Peixoto será feito um redesenho viário para melhoria do fluxo do tráfego.

No trecho 2, que vai da Travessa Pará até a Rua Paraná, a intervenção propõe a requalificação de uma praça com a colocação de espaço infantil, mesas de jogos e jardim. Na Rua Córdoba, adjacente a este espaço, e na Rua Munique está prevista colocação de piso intertravado para criação de espaço compartilhado, garantindo inclusive a segurança e a possibilidade de retorno para quem se dirige à Rua 8 de dezembro.

Já no trecho 3, da Rua Paraná até a Rua de Deus, haverá academia ao ar livre com acessibilidade, bancos e áreas verdes, enquanto que no trecho 4, que abrange a Rua de Deus até a Rua Almirante Mourão de Sá, será implantado um espaço de lazer com parque infantil, pergolado com mesas para jogos, jardins com bancos, baia com abrigo para ônibus e paraciclo. Também está prevista uma área para a instalação de pequeno comércio de alimentos com barracas padronizadas.

Mobilidade

A obra de requalificação da Almirante Tamandaré trará ainda mudanças na mobilidade, como a inclusão de ciclofaixa, estacionamentos para carros e vagas para carga e descarga, faixas de pedestres, assim como ampliação dos passeios com rampas para PCD, além da mudança da pavimentação nos cruzamentos.

Também será criado um binário composto pelas ruas Almirante Tamandaré e a da Bélgica, mantendo o fluxo nas duas direções apenas para os ônibus. Os carros que se deslocarem pela Almirante Tamandaré passarão a trafegar em sentido único da Rua Eduardo Dotto para a BA-528. Já o trânsito para esses veículos na Rua da Bélgica terá sentido inverso (BA-528 à Rua Eduardo Dotto).

Outra novidade é que o terminal de ônibus localizado na Escola de Menor passará a funcionar na Rua Almirante Mourão de Sá.

Haverá também implantação de jardins, revisão de toda a drenagem existente, vala técnica para atender às empresas de telecomunicações e contentores de lixos.

Paripe receberá obra. Crédito: Betto Jr/Secom

Arquivos