quarta-feira, 21 fevereiro, 2024

EXPEDIENTE | CONTATO

“Pautas não serão as mesmas”, diz Silvio Humberto

Em entrevista ao Portal A TARDE, vereador fala sobre como será sua gestão como líder de oposição

Quarto quadro no rodízio feito para escolher um líder de oposição na Câmara Municipal por ano, Silvio Humberto (PSB) falou ao Portal A TARDE o que espera de 2024.

“É um ano em que as pautas na Câmara não são as mesmas dos anos anteriores. Então, você pode ter um primeiro semestre mais intenso. O segundo semestre, observando o que tem acontecido anteriormente, deverá ser um período em que os vereadores vão buscar renovação do seu mandato”, afirmou Silvio.

O vereador do PSB reconhece que liderar a oposição ao prefeito Bruno Reis (União Brasil) em ano de eleição municipal terá suas especificidades. As gestões anteriores foram de Marta Rodrigues (PT), em 2021; Augusto Vasconcelos (PCdoB), em 2022; e Laina Crisóstomo (PSOL), em 2023.

“Eu sei da singularidade que é um ano eleitoral. Evidentemente que, ao mesmo tempo em que você é demandado, é possível até ter um pouco de visibilidade. Mas a ideia é que a gente possa sempre construir coletivamente com todos os partidos”, afirmou.

Silvio disse ainda que o diálogo é importante na política, mas a atual gestão do Executivo Municipal tem princípios antagônicos ao seu grupo. “Salvador precisa romper com seu círculo vicioso de pobreza”, justifica.

“O município é premiado por suas finanças, mas quando você olha o PIB, Salvador perdeu sua liderança para Fortaleza. Salvador também tem perdido população, pela falta de perspectiva de uma juventude que não fica porque faltam atrativos e perspectivas”, conclui.

Edil também reconhece que liderar a oposição ao prefeito em ano de eleição municipal terá suas especificidades – 

Arquivos