quarta-feira, 21 fevereiro, 2024

EXPEDIENTE | CONTATO

Prefeitura de Salvador estabelece cachê de até R$ 2 milhões por shows no Carnaval

Prefeitura de Salvador iniciou a divulgação, no Diário Oficial (DOM), dos cachês destinados a diversos artistas que participarão tanto das celebrações pré-carnavalescas quanto do Carnaval em si.

Os contratos estão sendo formalizados pela Empresa Salvador e Turismo (Saltur) e foram publicados em diferentes edições do DOM. Segundo a autarquia, os valores são financiados pelos patrocinadores do Carnaval.

De acordo com os valores publicados, o cantor Léo Santana receberá R$ 2 milhões da gestão municipal por suas apresentações nos dias 6, 11, 13 e 14 nos circuitos Dodô e Osmar. Já para quatro shows nos dias 8, 9, 10 e 11 de fevereiro, o artista “Oh Polêmico” terá uma remuneração de R$ 520 mil. A cantora Daniela Mercury, por sua vez, contará com R$ 450 mil apenas da Prefeitura por sua única apresentação no dia 9.

A lista de valores ainda conta com “Paulinho Boca de Cantor” (R$ 280 mil por três shows), “O Kannalha” (R$ 360 mil para três apresentações), Tuca Fernandes (R$ 140 mil para uma única apresentação), Gerônimo Santana (R$ 650 mil por quatro shows), Baco Exu do Blues (R$ 225 mil por uma apresentação), La Fúria (R$ 660 mil por quatro apresentações), Danniel Vieira (R$ 450 mil para quatro shows) e Dama (R$ 280 mil também por quatro shows).

O cantor de arrocha Thiago Aquino receberá R$ 650 mil por quatro shows em Salvador, nos dias 10 de fevereiro no Circuito Dodô e 12 e 13 no Circuito Osmar.

Todos os valores dos cachês serão publicados no Diário Oficial.

Foto: Alfredo Filho/ Secom

Arquivos