domingo, 19 maio, 2024

EXPEDIENTE | CONTATO

Prefeitura reforma mais 100 casas no Calafate, em Fazenda Grande

O prefeito Bruno Reis visitou a localidade nesta terça-feira (30)

Moradores da comunidade do Calafate, no bairro de Fazenda Grande do Retiro, foram beneficiados com a reforma de mais 100 casas pelo programa Morar Melhor. O prefeito Bruno Reis visitou a localidade nesta terça-feira (30) para fazer a entrega das melhorias habitacionais, promovendo mais qualidade de vida e dignidade aos beneficiários.

Esta é a segunda vez em que o Calafate é beneficiado pela iniciativa. No bairro, já foram reformados 557 imóveis cujas condições estruturais estavam precárias.

“Não há nada mais precioso e sagrado para uma pessoa do que a sua própria casa. Desde que a gente é criança e vai crescendo, virando adulto, a gente sonha em ter a casa própria. É nela onde a gente cria os nossos filhos e escreve a nossa história. O Morar Melhor é um programa transformador de verdade, porque permite moradia de qualidade e dignidade sem tirar a pessoa do lugar onde ela tem as suas raízes”, disse Bruno Reis em discurso.

Uma das selecionadas nesta nova etapa do Morar Melhor em Fazenda Grande do Retiro foi a autônoma Valdelina Mota Rodrigues, de 50 anos. Ela vive na mesma casa no Calafate desde que nasceu, e hoje mora com o marido, Flávio, e cinco filhos. O imóvel recebeu nova pintura, teve telhado, portas, janelas e piso trocados.

Emocionada, Valdelina disse que a situação da sua casa antes da reforma era precária, e já precisava de uma reforma. “Isso tudo aqui estava acabado: pintura, telhado, portas, piso, tudo. A frente da minha casa parecia a de uma casa abandonada, fazia vergonha. E eu não conseguia reformar nada porque não tinha condições, o orçamento da gente é apertado sempre. Só não estava pior porque eu cuido, né? Fazia a limpeza sempre”, contou.

Programa

Realizado pela Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), desde que iniciou suas atividades, em 2015, o Morar Melhor já reformou mais de 50 mil imóveis em cerca de 300 localidades da capital baiana.

Por meio do programa são executados nos lares serviços de acordo com a escolha e indicação dos próprios moradores. Os serviços vão desde pintura e reboco à colocação de novo telhado, portas, janelas, pia e vaso sanitário.

Os critérios adotados para contemplar programa são a precariedade dos bairros, baseado em dados do IBGE; maior predominância de domicílios com alvenaria sem revestimento; maior predominância de pessoas abaixo da linha da pobreza; maior predominância de mulheres chefe de família; maior densidade habitacional e precariedade habitacional obtida pela observação de campo.

Não são contemplados imóveis em situação de risco, imóveis de aluguel ou famílias que apresentem renda superior a três salários mínimos.

Projeto Morar Melhor Crédito: Betto Jr. / Secom PMS

Arquivos