segunda-feira, 15 abril, 2024

EXPEDIENTE | CONTATO

Presidente municipal do Solidariedade deixa partido e se filia ao PSDB

Movimentação de Adriano Meireles confirma desidratação da sigla na capital baiana

Em meio à desidratação do Solidariedade em Salvador, o presidente municipal do partido, o ex-vereador Adriano Meireles resolveu romper com a sigla nesta segunda-feira, 1º, e se filiar ao PSDB, legenda pelo qual buscará uma cadeira na Câmara Municipal de Salvador (CMS).

O ato de filiação aconteceu no Palácio Thomé de Souza e foi marcado pela presença do presidente da CMS, Carlos Muniz, do secretário de governo, Cacá Leão (PP), do vereador Maurício Trindade (PP) e outros pré-candidatos a vereador do Solidariedade.

Veja:

Imagem ilustrativa da imagem Presidente municipal do Solidariedade deixa partido e se filia ao PSDB

A movimentação de Meirelles, que provocou um racha na legenda, em prol do apoio a Bruno Reis (União Brasil), que deve tentar a reeleição em outubro, está causando uma debandada dentro do partido comandado pelo deputado estadual Luciano Araújo. Além dele, há uma expectativa de que outros nomes deixem o Solidariedade, são eles: o ex-vereador Odiosvaldo Vigas e o ex-deputado estadual Capitão Tadeu.

A legenda cogitou lançar um nome próprio para concorrer à eleição na capital baiana, mas as tratativas não foram em frente. Atualmente, o Solidariedade integra a base do governador Jerônimo Rodrigues (PT).

Filiação aconteceu no Palácio Thomé de Souza nesta segunda-feira, 1º – 

Arquivos