18 de agosto de 2022 às 16:21
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Roma chama críticas de Rui Costa a Bolsonaro de ‘acusações infundadas’


Publicado em: 07/06/2022 16:52
Por: Redação Bahia Municipios com Agências Foto: Divulgação


Para o pré-candidato ao governo do estado, o governador ‘não dá muita bola para a verdade’

“O governador Rui Costa precisa ter mais parcimônia e cuidado com suas enviesadas citações bíblicas, porque, como diz o dito popular, ‘quem não sabe rezar xinga a Deus’”,  afirmou o pré-candidato ao governo da Bahia, ex-ministro da Cidadania e deputado federal, João Roma (PL), diante das críticas do governador Rui Costa (PT) ao presidente Jair Bolsonaro (PL).

Para o pré-candidato bolsonarista, pelas ‘acusações infundadas que faz ao presidente’, Rui Costa não dá muita ‘bola para a verdade’. “Prefere ficar aprisionado numa ideologia que não combina com a realidade. Senão, reconheceria os feitos de Bolsonaro na Bahia”.

De acordo com Roma, é ‘indiscutível’ o fato de que, no governo Bolsonaro, as rodovias federais estão sendo duplicadas na Bahia. “Nos governos de Lula e Dilma, nem um quilômetro foi duplicado. Hoje quem passa pelas BRs 101 e 116 no território baiano vê as estradas sendo ampliadas de verdade”.

Segundo o ex-ministro, ‘é o governo federal quem socorre os milhões de desempregados baianos, vítimas da gestão petista que não tem uma política eficaz e eficiente de desenvolvimento social e econômico para a Bahia’.

“O governador Rui Costa não estimula a atração de investimentos para gerar emprego e renda no estado, onde há mais beneficiários do Auxílio Brasil que trabalhadores com carteira assinada. O Auxílio Brasil é um programa social do governo federal, Seu Rui Costa! Como é que o senhor acusa o presidente de maltratar os baianos?”, pergunta João Roma.

Comentários