sábado, 25 maio, 2024

EXPEDIENTE | CONTATO

Saiba como funcionará o BRS, novo modal de Salvador

Ordem de serviço para o início da obra foi assinada nesta terça-feira (30)

Salvador vai ganhar um novo meio de transporte. É o BRS, Bus Rapid System, serviço rápido de ônibus, em tradução para o português. A primeira etapa da obra, que deverá ser finalizada em quatro meses, funcionará entre o complexo Rio Pelé, no Rio Vermelho, até o Jardim dos Namorados, na Pituba. O sistema consiste em vias exclusivas para ônibus, em um esquema parecido ao do BRT (ônibus de trânsito rápido).

O prefeito Bruno Reis (União Brasil) assinou a ordem de serviço para a implantação do primeiro trecho na manhã desta terça-feira (30), durante evento realizado no Rio Vermelho. “É mais um avanço no sistema de transporte de Salvador. O BRT é via exclusiva de ônibus, enquanto o BRS é formado por vias preferenciais e, em determinados trechos, exclusivas para o ônibus transitar”, explicou o gestor. O investimento será de R$8 milhões.

A expectativa é que o trecho completo ligue a Estação Lapa até o Aeroporto de Salvador. A obra completa deve ficar pronta em até 11 meses, segundo Bruno Reis. Para os passageiros, o funcionamento continua o mesmo do BRT, com a possibilidade de integração com ônibus e metrô. O projeto conta com ciclovias em canteiros centrais e faixas exclusivas.

“O BRS não exige grandes infraestruturas como BRT, a via necessita de pequenas adaptações e faixas prioritárias. A obra de Patamares já está ajustada para esse conceito, com alargamento de pistas, e outros trechos serão adequados”, ressaltou Fabrizzio Muller, secretário municipal de Mobilidade Urbana.

O modal promete mais agilidade no tráfego de veículos. “As vantagens do sistema de transporte são tanto para o cidadão, que pega o ônibus, como para quem anda de carro. A mobilidade da região na cidade vai melhorar”, disse Bruno Reis.

O segundo trecho do BRS contemplará o trajeto do Jardim dos Namorados até Itapuã. O BRS chegará ao Aeroporto através da Avenida Dorival Caymmi, que também será requalificada.

BRS vai ligar o Rio Vermlho até i Crédito: Valter Pontes/Secom PMS

Arquivos