quarta-feira, 21 fevereiro, 2024

EXPEDIENTE | CONTATO

Triatletas baianos enfrentam melhores das Américas em Piatã

Alguns dos mais rápidos triatletas das Américas vão competir em Salvador neste domingo, 18m a partir das 11h, na Copa Continental de Sprint Triathlon.

O evento chancelado pela Federação Internacional de Triathlon (ITU) tem expectativa de reunir cerca de 300 participantes de alto nível na Praia de Piatã para 750 metros de natação, 20 km de ciclismo e 5 km de corrida.

Entre os principais competidores estão os triatletas Manoel Messias, campeão pan-americano, Diogo Sclebin, vice-campeão sul-americano, Danilo Pimentel e Kauê Willy, integrantes da seleção brasileira.

Completam o time os veteranos Reinaldo Colucci, Anton Ruanova e Bia Neres, campeã mundial militar, além de Luísa Baptista, líder do ranking feminino nacional.

Da Bahia, a principal representante é Beatriz Dumet, de 20 anos, que atualmente está empenhada em fazer os primeiros pontos no ranking internacional visando os Jogos Olímpicos de 2020, embora ela acredite que terá mais chances em 2024.

“Para 2020 será difícil, o mais provável é chegar em 2024”, previu Beatriz. Ex-ginasta, ela trocou a modalidade pelo triathlon aos 14 anos e vem se saindo bem desde então, com resultados expressivos nas categorias de base pela qual competiu em Mundiais da ITU.

Suas principais adversárias em Salvador serão as paulistas Bia Neves, Luma Guillem, Luiza Batista e a sergipana Bárbara Soares. “Vou me testar contra as brasileiras nessa prova. A meta é ficar entre as tops 5”, avisou Beatriz.

Treinando em Salvador desde o Carnaval, ela voltará para a Espanha em junho para o treinamento de verão com o técnico espanhol Javier Mon. Ano passado, a jovem triatleta baiana estudante de Direito passou seis meses na Europa e seis na América do Sul.

“Em junho venho ao Brasil disputar o Pan-americano, em Brasília, que soma pontos no ranking olímpico”, explicou Beatriz.

Com a proximidade da Olimpíada de Tóquio, serão realizados vários eventos que somam pontos no ranking internacional, a exemplo das etapas do Mundial de Triathlon.

A prova em Salvador é também a única classificatória para a Seletiva da Confederação Americana de Triathlon (CAMTRI), que ocorre em 30 de junho no Equador. Quem pegar essa vaga vai disputar, no Equador, a Seletiva para os Jogos Olímpicos da Juventude de Buenos Aires.

O baiano David Lucas, de 16 anos, representa um projeto social na capital baiana e vai competir na Copa Continental com grande chance de conquistar a vaga para a Seletiva.

David foi convocado pelo Comitê Olímpico Brasileiro para a prova, depois de se destacar em sua categoria, vencendo o Campeonato Brasileiro em 2017.

Copa Brasil e Baiano

No mesmo evento serão disputadas a Copa Triathlon Brasil e uma das etapas do Campeonato Baiano, a partir das 9h.

A Copa Triathlon Brasil soma pontos no ranking nacional, que pode classificar atletas para os Mundiais da ITU, como a Grand Final de 2019, em Lausanne, na Suíça

Um dos destaques locais é o triatleta Vinícius Lago, de 38 anos, cujo currículo reúne participações em provas internacionais na categoria elite e participações em desafios iroman.

De acordo com a Confederação Brasileira de Triatlhon (Cbtri), a ultima prova disputada por Lago no Circuito Mundial foi o de Longa Distância, em 2007, época em competia na categoria profissional e obteve a 31ª colocação geral.

“Passei a disputar a categoria amador e essa prova em Piatã vai ser a primeira etapa da Copa Brasil, que também já vai valer pela primeira etapa do Baiano”, explicou Lago.

No ano passado, o triatleta de Valença venceu cinco das seis etapas do Estadual na categoria 35 a 39 anos e também foi campeão Norte-Nordeste amador.

“Minha meta este ano é competir no Ironman, que terá 3.800 metros de natação, 180 km de ciclismo e 42 km de corrida”, disse Lago.

 

 

Arquivos