segunda-feira, 15 abril, 2024

EXPEDIENTE | CONTATO

Vitória busca 6º título estadual em cima do Bahia na Fonte Nova

Veja retrospecto do estádio como palco do clássico em jogos decisivos do Baiano

O Vitória está a um jogo de comemorar o 30º título estadual de sua história. Depois de sete anos, o rubro-negro tem a chance de acabar com o jejum e erguer a taça. O destino do símbolo mais almejado do Campeonato Baiano será definido no Ba-Vi de domingo (7), às 16h, na Fonte Nova.

O estádio será palco do clássico como jogo derradeiro do estadual pela 13ª vez. Em sete, o Bahia comemorou o título ao apito final: 1958, 1959, 1974, 1975, 1976, 1979 e 1981. Em outros cinco, o Vitória se sagrou campeão: 1955, 1957, 1964, 1972 e 2016.

Aqui levamos em consideração todas as vezes em que a taça do Campeonato Baiano foi erguida na Fonte Nova após ter um Ba-Vi no estádio como último jogo do campeonato, independentemente da quantidade de confrontos disputados pela dupla nas finais para chegar até ele. O título dividido de 1999 não entra na conta, já que a decisão não ocorreu nos gramados e sim na Justiça.

Em 2016, último ano em que o um Ba-Vi decidiu a taça estadual na Fonte Nova, o Vitória garantiu o título no jogo de ida, no Barradão. O time comandado por Vágner Mancini venceu o Bahia do técnico Doriva, por 2×0, com gols de Diego Renan e Amaral. Depois, na Fonte Nova, usou a vantagem para erguer o caneco mesmo após a derrota por 1×0. Feijão marcou o único gol do jogo de volta.

De lá para cá, até a atual edição, Ba-Vis protagonizaram apenas duas finais de Baiano, mas em ambas o Barradão foi o cenário do jogo decisivo. Em 2017, o Vitória chegou às finais em vantagem e comemorou o título em casa após dois empates. Sob o comando de Wesley Carvalho, foi a última vez que o Leão ergueu a taça estadual. Em 2018, o rubro-negro perdeu os dois jogos. Depois, lamentou eliminações precoces em cinco edições seguidas e não conseguiu sequer chegar às semifinais.

Depois de oito anos, um título do Baiano será festejado novamente na Fonte Nova. O Vitória está mais próximo dele, já que venceu o jogo de ida, por 3×2, no Barradão, e tem a vantagem do empate. Se perder por um gol de diferença, o campeão será conhecido em disputa de pênaltis. Em caso de triunfo do Bahia por dois ou mais tentos, a comemoração será tricolor.

Jogadores do Vitória se reúnem no gramado da Fonte Nova Crédito: Victor Ferreira/EC Vitória

Arquivos