13 de agosto de 2022 às 21:33
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

‘Agressões próprias do desespero’, resume ACM Neto sobre falas de Rui Costa


Publicado em: 03/06/2022 10:00
Por: Redação Bahia Municipios com Agências Foto: Divulgação


Rui Costa falou sobre o pré-candidato do União Brasil na última quarta-feira (1º)

O pré-candidato ao Governo da Bahia ACM Neto (União Brasil) resumiu, nesta quinta-feira (2), as falas do governador Rui Costa (PT) como “agressões próprias do desespero”, e disse que “diferentemente dele eu não estou desesperado”. O ex-prefeito de Salvador foi questionado sobre o assunto durante entrevista coletiva na Bahia Farm Show, em Luís Eduardo Magalhães, onde Rui falou sobre o pré-candidato do União Brasil na última quarta-feira (1º).

ACM Neto afirmou que as palavras de Rui são “absolutamente inadequadas” e que vai “responder, porque desse lado só tem espaço para a alegria”.

“Eu confesso a vocês que, antes desse período pré-eleitoral, eu considerava o governador Rui Costa um homem polido e educado, e foi assim que eu convivi com ele durante seis anos em que houve coincidência da administração dele com a minha. A Bahia toda sabe minha postura de ter buscado o governador e ter estimulado, inclusive, muitas vezes, ele a tomar decisões que tinha dúvidas se devia ou não tomar. E eu estimulei a tomar decisões que foram fundamentais em relação à pandemia e àquele momento crítico em 2020 de superação de todos os desafios da Covid-19″, disse.

O pré-candidato ainda declarou que sempre procurou manter um bom nível de relacionado e ressaltou que não vai usar as mesmas palavras utilizadas por Rui.

“Diferentemente dele eu não estou desesperado, não estou perdendo as minhas noites de sono nessa pré-campanha. Ao contrário, estou fazendo com leveza, com tranquilidade, com sorriso no rosto, com alegria, falando bem das pessoas, falando do futuro do nosso estado, tendo cada vez adesão maior das pessoas nas ruas”, salientou.

“Então, eu não preciso usar esse tipo de palavra, não preciso agredir ninguém, não preciso nem mesmo responder às agressões que venho recebendo que são próprias do desespero de quem está vendo que os 16 anos estão chegando ao fim, de quem está vendo que Bahia deseja mudança, deseja um novo momento político a partir do próximo ano”, complementou.

Neto também criticou os números do governo, especialmente na educação e segurança pública.

“Rui Costa, que sempre se gabou de fazer boa gestão, vai deixar a Bahia como campeã nacional de desemprego, do número de homicídios, um dos estados onde mais se demora para internar pacientes e último lugar na qualidade ensino do Brasil. Esse é o legado dele e é óbvio que, como os baianos sentem isso, querem mudança, querem dar fim a esse ciclo de 16 anos e iniciar novo momento politica”, finalizou.

Comentários