27 de julho de 2021 às 12:33
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Receita de um bolo junino de milho para ser comido em maio


Publicado em: 30/05/2018 9:44
Por:


Maio é um mês forte, que impacta na alma da gente. Mês das mães, das noivas, das avós, enfim, mês das mulheres. Um bocado de amiguinhas fazem aniversário em maio, como Ivete Monteiro (18), Emilia Cabral, Cris Caetano e a minha neguinha Alaide – todas no dia 13. Inda tem as minhas irmãs: Carmen, que faz aniversário dia 9 e Ana, dia 22. Tudo em maio. Tempo de beber muita cerveja, para quem gosta. Eu, tô fora: já aposentei as garrafas. Agora, sou moça direita: só bebo agua ou suco, mas ainda estico o dedo mindinho, com muito charme. Sou fina, benzinho.

Meu mês, é o que vem. A bonitinha aqui chegou neste ‘mundo véio sem porteira’ em junho, depois dos pulos da fogueira e da bebedeira do licor. Cheguei na ressaca do São Joã, com o povo ainda ‘entojado’ de tanto licor e canjica. Até hoje, todos querem que eu comemore o aniversário em outra data. “Ah! Ló. Dia 26 a gente ainda tá de ressaca. Faz no sábado”. Eu guento? Guento! Faço no dia 26, mesmo que só tenha eu e mais uns raros amigos ou algum irmão ou irmã que suporte bater palminha e me ajude a apagar as (hoje) muitas velinhas, he-he.

Mas deixa eu contar um coisa para vocês: Dara é a filha mais nova do meu amado irmão caçula, Paulo, que tem ainda a Mariah, outra doçura, que está fazendo mestrado em Vitoria da Conquista e vai lhe dar uma netinha em breve. Mas, voltando, Dara passou no vestibular da UFBA e está aqui em casa com a mamãe Odete. Estou felicíssima. O engraçado é que, onde eu chego com ela, perguntam se ela é minha filha, e dize que é minha cara. Claro que Odete não pula de alegria, mas eu pulo. Tem culpa eu se a Darinha é linda como a titia?

Tenho saído para mostrar as belezas da nossa cidade para elas. E nós sabemos que temos uma das cidades mais bonita do mundo, não é? O único problema é que todo dia aumentam o preço da gasolina. Já está quase ‘cinco conto’, cara. O pior é que nós votamos nuns crápulas e a maioria só faz esvaziar os cofres públicos, encher os bolsos e aumentar impostos para cobrir o rombo. Quem aguenta com a gasolina em quase cinco reais? E a gente manda para outros países, que vendem pela metade do preço.

Estou revoltada e fazendo a campanha pro álcool. O carro vai embebedar pois só abasteço agora com álcool. E todos deviam fazer o mesmo para ver se essa corja, responsável pelo setor, diminui os impostos e baixa o preço. Tá difícil viver com tanta roubalheira, tanto desrespeito pelo povo, tanto imposto, tanta miséria. Mas, como se diz: ‘brasileiro é tão bonzinho’. Qualquer um nos faz de besta: modifica leis, decisões, aumenta impostos e ninguém protesta, ninguém faz nada.

Mas vamos acabar com este muro das lamentações. E apreciar as belezas da nossa terrinha, agora também em horário nacional com uma novela rodada nas nossas praias, no nosso território. Não estou falando do enredo, pois começou agora. Mas as paisagens, os lugares, tanto na capital quanto no interior, me enchem de orgulho de ser baiana. Bora, Baêa! (Epa! Muda o disco. Deleta. Nem me falem destas duas porqueiras, Bahia e Vitória, que estão apanhando que nem mala velha quando chega da Lapa. Dois timecos).

A novela tá tão boa que meus amigos do Rio e São Paulo já estão me ligando, cobrando para que eu os leve aos locais que a novela mostra. Tô frita! Vou ter que montar um roteiro bem pensando para percorrer com eles, quando chegarem. Meus roteiros são gastronômicos, em primeiro lugar, e paisagístico depois. Não, não venham dizer que sou gulosa. Penso na gastronomia porque quero encantá-los com as nossas delícias, que não existem em outros lugares. Eu quase não como. Ops! Mas, falando sério, estou comedida estes tempos. Mas gosto de provar de tudo e me gabar pelos petiscos especiais da cidade. Sou uma baiana orgulhosa da terrinha.

Agora chega de lero-lero. Vamos tratar de assuntos sérios e preparar esta delícia de bplo de milho, fácil de fazer, já para ir treinando para o mês dos namorados, do São João, do São Pedro e do meu aniversário, lógico. E a receita quem preparou foi a amiga, minha loura linda, Elíbia Portela, a doutora do fogão. Quando estou para terminar o artigo pra ela e peço uma receita especial para os meus amadinhos. Receita que seja bem gostosa e fácil de fazer. E ela larga tudo para escolher uma bem especial para a amiguinha aqui. Tem amiga melhor, meu benzinho? Tem não. Vamos agora por o avental e preparar esta gostosura indicada por Elíbia.

Bolo de Milho de Elíbia

Ingredientes
— 
6 ovos inteiros
— 1 xícara grande de açúcar
— 6 colheres  de sopa de manteiga ou margarina derretida
— 2 latas de milho verde
— 2 xícaras grande de flocos  de milho
— Uma garrafinha de leite de coco
— 2 colheres (chá) de  fermento  químico  em pó
— 4 colheres (chá) de queijo ralado.

Modo de fazer:

– Bater os ovos e açúcar no liquidificador e depois acrescentar o restante dos ingredientes, colocando por ultimo o fermento.

– Numa forma untada, colocar a massa e levar ao forno por mais ou menos 50 minutos.

Seguir as dicas e preparar para os aplausos pois o bolo fica delicioso e fofo, garante Elíbia.

Comentários