7 de julho de 2022 às 14:05
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Em PL, vereador propõe obrigatoriedade de atendimento presencial nas escolas


Publicado em: 09/06/2022 14:23
Por: Redação Bahia Municipios com Agências Foto: Divulgação


Daniel Alves (PSDB) defende manter processo digital e também disponibilizar o atendimento no local em caso de solicitação

Por meio de um projeto de lei apresentado na Câmara Municipal de Salvador, o vereador Daniel Alves (PSDB) propõe a obrigatoriedade de atendimento presencial em instituições de ensino privadas da capital baiana para atender demandas administrativas, pedagógicas e financeiras de pais e alunos.

Segundo o edil, a ideia é manter o processo digital, mas também possibilitar o atendimento no local para humanizar a relação. “Hoje com o avanço da tecnologia é natural que essa distância pessoal ocorra. O que proponho é justamente a humanização deste serviço, sem tirar a facilidade tecnológica que temos. Não é razoável que um aluno, por exemplo, precise resolver todos os problemas através de um portal ou um aplicativo, sem conversar com um atendente que não seja um robô”, explicou.

“Muitas vezes os pais possuem, por exemplo, um problema financeiro com a instituição, e isso requer um atendimento presencial para explicar a situação. A base da vida é o diálogo, e o atendimento presencial é a melhor forma para que o entendimento aconteça. É o jeito de humanizar ainda mais a educação. Um dos fatores que determinam o sucesso ou o fracasso de uma instituição de ensino é justamente o atendimento”, argumentou Daniel Alves.

De acordo com o texto do projeto, coordenadores pedagógicos terão que disponibilizar atendimentos presenciais, quando solicitados, em até sete dias úteis. Além disso, o retorno para protocolos financeiros e administrativos não pode ultrapassar dez dias úteis.

Comentários