14 de junho de 2021 às 21:10
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Escolas baianas entre as vencedoras do Prêmio Nestlé por Crianças Mais Saudáveis


Publicado em: 05/06/2020 13:43
Por: Redação Bahia Municípios com Agências Foto: Divulgação


Após receber cerca de 400 inscrições e 230 projetos de 23 estados brasileiros, a Fundação Nestlé Brasil anuncia os 10 projetos vencedores da 3ª edição do Prêmio Nestlé por Crianças Mais Saudáveis.

Em seu terceiro ano consecutivo, o Prêmio atua para promover a alimentação equilibrada e a prática de atividades físicas nas escolas públicas.

Na primeira edição, em 2018, o prêmio beneficiou escolas de São Paulo e da Bahia. Em 2019, foi expandido para todo o país.

Conheça os 2 projetos baianos vencedores:

Preservando a herança cultural e costumes de nossa gente, alimentamos corpo e mente
Autora: Ivana Patricia De Jesus Bispo
Escola: Centro Educacional Municipal Profª Ana Judite de Araujo Melo
Cidade: Santo Amaro – BA
O projeto tem como objetivo valorizar a cultura local quilombola, em que a maioria das pessoas vive da pesca e do cultivo da roça, e incentivar as novas gerações a darem continuidade a essas atividades. A escola vai inserir pratos típicos locais em seu cardápio e oferecer oficinas de pesca, mariscagem, defumação de camarão e cultivo de roça, ministradas pela comunidade e pelos pais. O projeto também prevê a construção de uma horta comunitária, que servirá de laboratório nas aulas de ciência e oficinas de cultivo, bem como a reforma da cozinha e construção de um refeitório.

Nossa comunidade saudável: práticas colaborativas em alimentação e atividades transformadoras
Autor: Tiago Santos Nascimento
Escola: Escola Arlete Magalhães
Cidade: São Francisco Do Conde – BA
Para combater a desnutrição e promover a saúde física e mental da comunidade, o projeto busca potencializar o espaço da escola para realizar ações colaborativas e sustentáveis. Será instalada uma horta comunitária e um laboratório de ciências, onde serão realizadas capacitações e aulas para produzir alimentos orgânicos na própria escola.

 

Comentários