20 de maio de 2022 às 21:35
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Exposição no Museu do Recolhimento dos Humildes homenageia o Bembé do Mercado


Publicado em: 09/05/2022 13:05
Por: Redação Bahia Municipios com Agências Foto: Divulgação


Como parte dos festejos do Bembé do Mercado em Santo Amaro, o Museu do Recolhimento dos Humildes recebe a partir de 12 de maio a exposição “Egbé Ojá – 133 anos de Bembé do Mercado”. Realizada em parceria com a Prefeitura de Santo Amaro e a Associação Beneficente Bembé do Mercado, a ação tem o intuito de valorizar as simbologias dos terreiros de candomblé, assim como trazer reflexões sobre a cultura negra, sobretudo em seu sentido religioso e artístico.

Anualmente, o Largo do Mercado Municipal de Santo Amaro se torna palco de uma grande cerimônia de candomblé que reúne vários terreiros da região: o Bembé do Mercado. “Trata-se de uma das principais manifestações populares do Recôncavo, que, além de manter viva uma importante tradição, movimenta a economia local”, explica a coordenadora do Museu do Recolhimento dos Humildes, Paola Publio.

Por meio de fotografias e de peças inspiradas nos terreiros participantes da Associação que remetem a elementos representativos, a exemplo de búzios e palha da costa, a exposição “Egbé Ojá – 133 anos de Bembé do Mercado” homenageia a festividade reconhecida como patrimônio cultural pelo Iphan e pelo Ipac.

Bembé do Mercado – A manifestação religiosa e cultural teve início em 13 de maio de 1889, quando o pai de santo João de Obá juntou adeptos do candomblé para celebrar a abolição da escravatura que tinha ocorrido no ano anterior. Em 2022, quando o Bembé completa 133 anos, os festejos acontecem de 11 a 15 de maio. São três dias de comemoração no mercado, além de shows à noite, missa na Igreja da Purificação e entrega do presente a Iemanjá na Praia de Itapema no domingo.

O Museu do Recolhimento dos Humildes funciona de segunda a sexta, das 9h às 16h, na Praça Frei Bento, em Santo Amaro. A entrada está condicionada à apresentação do comprovante de imunização contra a Covid-19. O espaço é administrado por meio de um Convênio de Cooperação Técnica e Administrativa pela Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (DIMUS/IPAC).

Serviço:

O que: exposição “Egbé Ojá – 133 anos de Bembé do Mercado”

Quando: Abertura – 12 de maio, 10 horas.

Visitação: segunda a sexta, das 9h às 16h.

Onde: Museu do Recolhimento dos Humildes, Praça Frei Bento, s/n, Centro, Santo Amaro.

Entrada: gratuita e condicionada à apresentação do comprovante de vacinação contra a Covid-19.

Tess Chamusca

Ascom Dimus

(71) 3117-6445/98603-8053 

Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Dimus/Ipac)

Rua Gregório de Mattos, 33 – 1° andar, Pelourinho, Salvador (BA)

Acesse as nossas redes sociais: 

Comentários