7 de julho de 2022 às 13:02
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Geraldo aponta ação política da prefeitura para atrapalhar abertura de policlínica


Publicado em: 13/06/2022 11:53
Por: Redação Bahia Municipios com Agências Foto: Divulgação


Presidente da CMS afirmou que Rui ‘tentou exaustivamente’ estabelecer convênio com a prefeitura de Salvador

Presidente da Câmara Municipal de Salvador (CMS) e pré-candidato a vice-governador na chapa de Jerônimo Rodrigues (PT), Geraldo Júnior (MDB) voltou a acusar o prefeito Bruno Reis (UB) de inviabilizar a abertura de policlínicas, por conta de questões políticas.

Durante inauguração da policlínica de Narandiba, nesta segunda-feira (13), ele afirmou que houve resistência da prefeitura “em função das divergências políticas, partidárias, ideológicas, em função de ser o ano da eleição”.

Segundo Geraldo, o governador Rui Costa (PT) “tentou exaustivamente” estabelecer convênio com o governo municipal, “a exemplo do que faz com as 24 policlínicas por todo interior do estado da Bahia”. Ele destacou ainda que o equipamento terá custeio 100% do estado.

Na ocasião, o presidente da CMS também voltou a dizer que se arrepende de não ter deixado o grupo de ACM Neto (UB) e migrado para o lado de Rui há mais tempo, e pediu ainda ao governador que abra a policlínica de Escada. “Vou te fazer esse apelo em público, ainda essa semana na mesma entrega, como está sendo feita aqui em Narandiba, que o senhor possa também entregar a policlínica de Escada, uma policlínica que com certeza vai trazer melhores condições a essa população”, apelou.

Comentários