13 de agosto de 2022 às 22:35
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Kiki Bispo rebate Rui: ‘Abandono nos espaços do governo em Salvador é vergonhoso’


Publicado em: 15/06/2022 14:37
Por: Redação Bahia Municipios com Agências Foto: Divulgação


Citou antigo Centro de Convenções, Solar Boa Vista e parques públicos

Vice-líder do governo na Câmara de Salvador, o vereador Kiki Bispo (União Brasil) rebateu nesta quarta-feira (15) as declarações do governador Rui Costa (PT) sobre ações em Salvador e disse que o abandono de espaços geridos pelo governo do estado em Salvador é vergonhoso.

“Sugiro que, nas suas andanças por Salvador, o governador dê uma passada pelo Centro de Convenções; não o novo, construído pela prefeitura, mas o antigo, em situação de total abandono cinco anos depois do desabamento de parte da estrutura. Pode aproveitar e verificar também como está o Solar Boa Vista, um espaço de enorme importância histórico-cultural tomado pelo lixo e vegetação há muito tempo. O abandono nos espaços do governo em Salvador é vergonhoso”, afirmou.

O vereador lembrou ainda o descaso do governo nos últimos anos com os parques públicos de Salvador, como Pituaçu, São Bartolomeu, Costa Azul e o Dique do Tororó, onde as estátuas dos orixás não passam por manutenção há 20 anos. “Beira o desleixo a atitude do governo do Estado com esses importantes espaços de lazer e preservação ambiental”, apontou Magalhães.

Não se restringe à capital, porém, o cenário de abandono histórico do governo do Estado em relação a espaços e equipamentos relevantes para a Bahia. “O Centro de Convenções de Feira de Santana, por exemplo, é cercado por um matagal enorme e também corre risco de desabamento. Enquanto isso, o governo do Estado não repassou para a prefeitura os recursos necessários para a revitalização”, completou.

O vereador ressaltou, ainda, que os ataques de Rui à prefeitura são completamente infundados. “Hoje a prefeitura cuida dos espaços, devolveu a cidade ao cidadão, melhorando a autoestima das pessoas, que reconhecem este trabalho. É uma gestão responsável, preocupada tanto com a zeladoria da cidade quanto com os investimentos que melhoraram os serviços públicos e a qualidade de vida das pessoas”, frisou.

Comentários