20 de outubro de 2021 às 22:18
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Neto é proibido de alegar falta de ajuda do governo do estado


Publicado em: 21/09/2018 16:14
Por: AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS / Foto: Divulgação


O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), está proibido de falar que o governo estadual não ajudou a prefeitura da capital baiana. A decisão é válida para as manifestações do gestor durante as campanhas de Zé Ronaldo (DEM), candidato ao Palácio de Ondina. A ordem foi assinada pela juíza Ana Conceição Barbuda Sanches Guimarães Ferreira, do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA).

De acordo com a magistrada, a afirmação feita por Neto durante a propaganda eleitoral contém uma “inverdade flagrante” e argumenta que foram feitas diversas obras públicas pelo Governo do Estado em Salvador, que contribuíram para os investimentos no município.

“Ressalte-se que o contexto em que a frase foi dita (“sem NENHUMA ajuda do Governo do Estado”), emite a mensagem de que nenhum centavo de recursos estaduais foram alocados em obras que beneficiassem o Município de Salvador, o que tudo indica que não é verdade”, declara.

A decisão da magistrada suspende a veiculação da peça publicitária. Em caso de descumprimento, a chapa da oposição terá que pagar R$ 10 mil.

Comentários