18 de agosto de 2022 às 15:54
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Olimpíada Brasileira de Matemática reúne estudantes de Salvador


Publicado em: 06/06/2022 16:16
Por: Redação Bahia Municipios com Agências Foto: Divulgação


Nesta 1ªfase, os melhores alunos se classificam para a etapa final, marcada para outubro

Começa na próxima terça-feira (07), a 1ª fase da 17ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas e Particulares – OBMEP -. A prova, realizada todos os anos pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada – IMPA – e promovida com recursos do Ministério da Educação – MEC -, vai reunir estudantes de todas as regiões do país em duas etapas.

Na 1ª etapa, Salvador será representada por 240 alunos do Colégio Cândido Portinari, do 6° ano até a 3ª série do Ensino Médio. “Trata-se de uma olimpíada tradicionalíssima. É importante por vários fatores, entre eles o fato de ser o primeiro contato de muitos estudantes com uma prova maior e com abordagem diferente. O mais interessante é que esse exame, além de outros, são fundamentais para construção de currículo, sendo a porta de entrada de muitos discentes na universidade”, ressalta o chefe de departamento do Portinari, Rodrigo Prata.

Após a realização da fase inicial, a organização vai começar o processo de correção das provas. Os classificados para a 2ª e última fase da OBMEP, que acontece dia 8 de outubro, serão anunciados na primeira semana de agosto. Vale lembrar, que as duas etapas acontecem em sala de aula, de forma presencial. Em 2020, por conta da pandemia, a olimpíada foi cancelada. Já em 2021, o evento foi realizado de forma online.

Criada em 2005, a OBMEP tem o objetivo de estimular o estudo da Matemática e identificar talentos na área de exatas, além de estimular e promover o estudo da Matemática. Os melhores alunos dos colégios públicos e privados serão premiados com medalhas de ouro, prata e bronze, além de receberem menções honrosas. Ao mesmo tempo, as instituições de ensino e melhores professores também receberão prêmios de reconhecimento pelo trabalho realizado.

“É uma prova que transcende a sala de aula. Além de questões de Matemática, caem muitas perguntas sobre raciocínio lógico, que pedem um nível maior de concentração. Por isso, para fazer bonito e aproveitar a experiência, vale consultar provas antigas, artigos e buscar material bibliográfico adequado”, conclui o professor Rodrigo.

Após o anúncio dos alunos premiados, todos os medalhistas serão convidados a participar do Programa de Iniciação Científica Jr. – PIC -, um projeto dedicado para aqueles alunos que querem produzir Ciência e estar presente dentro do ambiente acadêmico.

A OBMEP

A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas e Particulares- OBMEP é um projeto nacional dirigido às escolas públicas e privadas brasileiras e tem como público-alvo alunos do 6º ano até a última série do Ensino Médio. Na edição 2021, 53 mil escolas e 17 milhões de alunos participaram do projeto. A Bahia recebeu 19 medalhas de ouro, 46 de prata. 136 de bronze e 1532 menções honrosas.

Comentários