18 de agosto de 2022 às 17:55
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Prefeitura de Cachoeira realiza Seminário sobre o Bicentenário da Independência


Publicado em: 09/06/2022 16:33
Por: Redação Bahia Municipios com Agências Foto: Divulgação


Ocorreu, nesta quarta-feira (8), a abertura do Seminário do Bicentenário da Independência, no Espaço Cultural da Estação, em Cachoeira. O evento é realizado pela Prefeitura e “faz parte das diversas comemorações em homenagem ao pioneirismo cachoeirano nas lutas em defesa da liberdade”.

A abertura contou com uma mesa institucional com a presença da prefeita Eliana Gonzaga (Republicanos), do Secretário de Educação, Roberto Franco, do Secretário de Cultura e Turismo, Carlos Eduardo Morais, do decretário de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Nailton dos Santos, do presidente da Associação Feirense de Letras, Eduardo Kruschewsky, e do Historiador Alfredo Júnior, representando a Comissão de Historiadores do Bicentenário.

“O seminário é o lançamento da participação do município nas comemorações do bicentenário do nosso 25 de Junho, o primeiro grito de liberdade rumo ao 7 de setembro, que este ano também comemora 200 anos. Tudo começou na nossa cidade e a Prefeitura, através da secretaria de Educação e da de Cultura e Turismo está realizando o evento”, disse Roberto Franco.

A prefeita Eliana Gonzaga afirma que outras ações serão realizadas para comemorar o Bicentenário. “Teremos ainda o lançamento de um livro, lançamento de um selo e no dia 25 de junho um grandes desfile temático. Vamos contar a história da nossa independência neste desfile”, frisou.

Após a mesa institucional, o professor e mestre em História, Fábio Batista Pereira abordou a Batalha do 25 de Junho e a história e o cotidiano no Vale do Paraguaçu. Em seguida, o professor João Batista Cerqueira palestrou sobre a instalação do Governo Provisório da Bahia no Recôncavo e sua sede no Hospital São João de Deus.

O evento seguirá até o dia 10 de junho, sempre das 9h às 12h, no Espaço da Estação. O seminário conta com o apoio da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB).

Comentários