7 de julho de 2022 às 14:28
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Secretário da SSP recebe trade turístico no Centro de Operações


Publicado em: 17/05/2022 14:35
Por: Redação Bahia Municipios com Agências Foto: Divulgação


Estratégias de segurança no Centro Histórico e em outros pontos turísticos foram discutidas no encontro.

Um grupo de trabalho para tratar de estratégias para  reforço da segurança na região do Centro Histórico de Salvador será montado, com a participação da Secretaria da Segurança Pública e de representantes do trade turístico.

A decisão foi tomada na manhã de hoje (17), em reunião realizada no Centro de Operações e Inteligência, com a presença do titular da pasta, Ricardo Mandarino, do secretário de Turismo, Maurício Bacellar,  e empresários dos setores de hotelaria, gastronomia e turismo.

” Vamos estreitar esse contato, porque o Centro Histórico é um área peculiar, com características próprias e deve ter um olhar diferenciado. A intenção é unir esforços e compartilhar ideias, para que cada setor dê sua contribuição para aumentar a sensação de segurança. Da nossa parte, reforçamos que todos os recursos da SSP estão disponíveis”, afirmou o titular da SSP.

Mandarino reforçou ainda o Projeto Câmera Interativa, que oferece às instituições a possibilidade do acesso da SSP às imagens de câmeras de segurança privadas para agilizar a tomada de decisões.

Ações preventivas, a importância do registro de ocorrência, casos de furto contra turistas e estabelecimentos, os prejuízos causados pela reincidência de criminosos também estiveram no centro das discussões.

Além dos titulares da SSP e da Setur, participaram do encontro os superintendentes de Inteligência, Ivo Tourinho, e de Gestão Tecnológica e Organizacional, Marcos Oliveira,
o comandante geral da PM, coronel Paulo Coutinho, a delegada geral da Polícia Civil, Heloísa Campos Brito, além de representantes da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis da Bahia (ABIH), do Conselho Baiano de Turismo (CNTur) e da Associação do Centro Histórico Empreendedor (Ache).

Comentários