13 de agosto de 2022 às 21:44
Escolha seu idioma:

CURTA NOSSA PÁGINA DO FACEBOOK E RECEBA NOVIDADES

Wenceslau Júnior ao lado de Lula para reconstruir a democracia e economia do país


Publicado em: 18/05/2022 9:40
Por: Redação Bahia Municipios com Agências Foto: Divulgação


A pré-candidatura do presidente do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) de Itabuna, Wenceslau Júnior, a deputado federal será lançada nessa sexta-feira (20/05), às 18h, no Clube AABB, em Itabuna. Ele será o único candidato da região a concorrer ao cargo ao lado ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva. “Na região, sou a única conexão do nosso território com as propostas de Lula. É fundamental termos um representante na Câmara Federal para auxiliar o presidente na missão de transformar o Brasil em uma nação digna e inclusiva. Não podemos ficar nas mãos dos deputados do ‘centrão’, que só conhecem a política do toma lá dá cá”, declara.

Engajado em causas como inclusão social, educação pública, combate à fome, desemprego e inflação, ele afirma estar pronto para ajudar Lula a reverter algumas privatizações, a lei do teto de gastos (PEC do fim do mundo), bem como as reformas trabalhista e previdenciária que trouxeram enormes prejuízos aos trabalhadores e trabalhadoras. Também está na agenda a luta pela Reforma Agrária, a preservação do Meio Ambiente, o primeiro emprego, a defesa da igualdade racial e de gênero, a liberdade religiosa e a diversidade como um todo.

“Vivemos em uma região que possui inúmeras potencialidades como o turismo, a agroecologia, o comércio e os serviços, porém, embora reconheça o esforço empreendido pelos governos de Jacques Wagner e Rui Costa, a completa ausência de políticas públicas estruturadas pelo desgoverno Bolsonaro, deixa uma lacuna a ser preenchida por Lula para assegurar o desenvolvimento local sustentável. O desenvolvimento regional com a geração de emprego e renda, pautado em pesquisa e inovação, fortalecendo as universidades públicas é um grande desafio”, observa Wenceslau Júnior.

Ele se compromete a atuar com responsabilidade e transparência nos desafios a serem enfrentado no processo de luta contra o bolsonarismo e fascismo, assegurando às prerrogativas do povo, com indispensável diálogo entre os Poderes (executivo e legislativo). “Estarei no time de Lula, Jerônimo e Otto para mudar o Brasil e manter a Bahia no rumo certo”, afirma, enfatizando que o desafio de defender a democracia nunca foi tão atual e intenso como hoje.

Advogado e professor da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Wenceslau Júnior, sempre lutou por Justiça e defesa do próximo, enfrentando, de forma altiva, os inúmeros desafios. “Vamos recolocar o Brasil nas mãos dos Brasileiros e Brasileiras, substituir o ódio pelo amor, a violência pela paz, o preconceito pelo acolhimento, a morte pela vida, o egoísmo pelo espírito colaborativo, o individualismo pela solidariedade ativa, o medo pela confiança de que é possível transformar o país em um lugar melhor para se viver”, garante o pré-candidato, que vai caminhar lado a lado com Lula no restabelecimento, desenvolvimento e fortalecimento do país, buscando também otimizar orçamentos e pautas em prol do Estado da Bahia.

Com mais de 30 anos de experiência na política baiana, ele acumula ao longo de sua carreira, diversas funções públicas, por isso saberá colaborar com as mudanças necessárias para a verdadeira transformação do Brasil. “Na Câmara Federal poderei ajudar a devolver o país ao povo brasileiro. Lá, teremos subsídios para acabar com a fome e a miséria, restabelecendo os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras”, explica.

Casado e pai de um jovem de 25 anos, Wenceslau Júnior, tem como base a sua família. “Todo indivíduo provém de uma família, que é a instituição transmissora de valores. É nela que renovo minhas forças e projeto o sonho de ver o Brasil melhor, edificado com pessoas livres da fome e da miséria”, conta. A trajetória profissional inclui a primeira suplência de vereador de Itabuna em 2001 a 2004, vereador em 2005 a 2008 e 2009 a 2012, primeira suplência de deputado estadual em 2011 a 2014, vice-prefeito e secretário de Planejamento em 2013 a 2016. Hoje atua como chefe de gabinete do diretor presidente da BAHIAGÁS, além de cursar o Mestrado em Direito, Governança e Políticas Públicas pela UNIFACS.

Os 32 anos de militância no PCdoB teve início no movimento estudantil, quando presidiu o Diretório Central dos Estudantes da FESPI em 1991, época na qual, finalmente após uma década de lutas, a FESPI foi estadualizada com a criação da UESC. Wenceslau também Coordenou o Comitê em defesa da Criação da Universidade Federal do Sul da Bahia e dos Institutos Federais (Ilhéus e Uruçuca).

Comentários